quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Insaciável-Meg Cabot

Livros
Meena Harper não entende o fascínio global que parece ter-se instalado em relação a vampiros,não os acha figuras fascinantes.Mas os seus chefes não concordam e,por isso,Meena vai ter de colocar essas tão detestadas figuras no argumento da série da qual é argumentista;Insaciável.Mas,não será só a nível profissional que os vampiros vão entrar na sua vida.E,como se não lhe bastassem os aborrecimentos que lhe gera a sua peculiar capacidade de prever a morte das pessoas,Lucien Antonescu,vai entrar na sua vida, arrastando-a para uma guerra que ela mal consegue entender.
Intrigante,com um ritmo de acontecimentos simplesmente viciante,este é um livro cativante,uma diferente amneira de visualiazar este tema dos vampiros.Meg Cabot não apresenta o vampiro clássico completamente malévolo e nem o vampiro excessivamente romântico e heróico.Em Insaciável,há um pouco de ambos,num ponto de equilíbrio que permite os vampiros quase completamente maus(como Dimitri),os vampiros peculiares(como Mary -Lou)e aqueles que,não sendo totalmente malévolos,têm os seus elementos de crueldade,tal como as suas características de nobreza.Aqui,é Lucien o expoente máximo desta ambiguidade de natureza,sendo explorado tanto no seu lado mais humano(o dos seus sentimentos fortes por Meena,na sua força de atracção e também na sua capacidade de gerar caos e destruição,por onde passa.
Mas,se Lucien é provavelmente o personagem mais intrigante de todos nesta história,também há outros com muito de cativante.Alaric Wulf,caçador de vampiros,proporciona momentos de tensão,e de emoção e até uns bons risos. E Jon Harper,com o seu timing tudo menos o adequado e a sua tendência para fazer estragos(mesmo quando as intenções são as melhores),dá origem a toda uma série de situações de momentos peculiares.
Ainda de referir a forma como a autora cruza referências com obras como como o Drácula de Bram Stoker e os livros de Charlaine Harris.
Insaciável é um livro cativante!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário