segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Ferias de Amor em Veneza,Catherine Kay...


Era ridículo confessar que havia insistido tanto em conhecer Veneza por causa de doces lembranças de um filme de amor. E simplesmente inacreditável que agora fosse ela a mocinha de uma história igualmente linda, porém real! Será que sempre a luz tinha sido assim tão dourada, o ar tão inebriante, os estreitos canais de Veneza tão românticos?, Meg se perguntava, completamente dominada pela emoção. Veneza era um paraíso de sensualidade, os braços de Marco Montevalde, intenso prazer. Mas quando esperava pelo "final feliz", Meg caiu na dura realidade. Abriu os olhos e, outra vez, havia apenas lembranças... Amargas lembranças de um amor traiçoeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário